Café da manhã na dieta lowcarb e paleolítica

Acho bem importante falar sobre café da manhã, pois considero que é a refeição que mais enfrenta paradigmas.

Se iniciamos o dia errando na escolha dos alimentos, a chance de ao longo do dia continuar consumindo alimentos que não nos favorecem é enorme. 

Se você come um pão (de qualquer tipo) pela manhã, você estimulará sua insulina e algumas horas depois, sentirá um buraco no estômago. Isto ocorre justamente pela insulina que foi necessária para absorver o seu pãozinho. E isto será válido para qualquer refeição ou alimento em que os carboidratos estarão predominando. Por exemplo, se você come uma salada de frutas, uma granola, ou um sanduíche ou tapioca recheados com outros alimentos ricos em carboidratos. Isto fará com que na refeição seguinte você estará faminto e assim ficará com mais dificuldade de evitar alimentos ricos em carboidratos.

desjejum tradicional brasileiro
Nós brasileiros temos uma cultura muito forte de que café da manhã é sinônimo de pão com manteiga, suco de laranja e frutas.

Ou seja um desjejum rico em carboidratos, justamente o que queremos evitar. Temos que repensar se esses alimentos que nós aprendemos a consumir, realmente são os melhores pra nós! Há muitas culturas em que o café da manhã é exatamente igual as outras refeições. Tudo é uma questão de hábito e de cultura.

café da manhã tradicional japonês

Só pra dar um exemplo, no Japão o café da manhã tradicional, conhecido como Asagohan, é composto de legumes em conserva, peixe grelhado, misoshiro, omelete japonês e arroz branco, assim como o almoço e o jantar. Lá, todas as refeições são compostas pelos mesmos alimentos. No entanto é uma pena, que o Asagohan, vem perdendo força, principalmente entre os jovens, que estão buscando uma alimentação mais ocidental. 

No Peru, o café da manhã muitas vezes pode ser um ceviche! Ceviche talvez seja o prato que mais representa a gastronomia peruana, e é consumido a qualquer momento do dia. É um prato de frutos do mar, feito com peixes crus marinados com sucos cítricos, com limão ou lima, e com pimentas.

E por último, existe um consenso infundado de que tomar café da manhã é essencial pra se manter saudável! Este conceito não tem base científica.

Lembra que uma das premissas da dieta paleolítica/low carb é comer quando se está com fome?

 Muitas pessoas não têm fome pela manhã, ou porque fizeram uma refeição farta antes de dormir ou por hábito mesmo de não comer nada pela manhã. Já outras comem mesmo sem fome, só porque acham que é saudável. Você acha mesmo, que se não estamos com fome devemos mesmo assim comer?

Vamos reaprender a escutar nosso corpo e não se alimentar porque alguém disse que aquele horário seria hora de comer! Muitas culturas pregam o jejum com uma ferramenta muito saudável. E quando estamos pensando em emagrecimento, o jejum passa a ser uma alternativa super conveniente, saudável e eficaz! Acho tão interessante o mecanismo pelo qual nos beneficiamos do jejum que farei um tópico exclusivo sobre este tema.

Everyone has a doctor in him; we just have to help him in his work. The natural healing force within each one of us is the greatest force in getting well. ...to eat when you are sick, is to feed your sickness.”

Hippocrates

Bom, mas vamos a algumas sugestões do que sugiro como desjejum:

  1. Ovos fritos com e sem bacon
  2. Omelete
  3. Ovos Benedict, sem a parte do pão!!!
  4. Queijo e presunto derretidos
  5. Queijo com tomate
  6. Creme de abacate (abacate com nata fresca ou creme de leite)
  7. Rolinho presunto e queijo

Tudo pode ser acompanhado de café preto, café com nata, chás e chimarrão à vontade! 

ovos fritos com bacon
omelete
ovos Benedict
tomate com queijo e ovos
Queijo e tomate
creme de abacate