Sabia que você pode ter Diabetes mesmo com o exame de glicose normal?

Sabia que você pode ter Diabetes e as suas consequências mesmo se seu exame de glicose é normal?

Habitualmente utilizamos o exame de glicose ou glicemia de jejum para avaliar e diagnosticar o Diabetes Mellitus, ou o quão próximos estamos dessa enfermidade. 

No entanto, um dos maiores pesquisadores nessa área, o Dr. Joseph Kraft, falecido aos 95 anos, ainda na década de 70, desenvolveu o teste de identificação mais precoce da Diabetes.  O teste leva o nome dele, teste de Kraft ou também curva insulinêmica.

E o que avalia esse teste de Kraft?

Teste de Kraft

O teste basicamente avalia a resposta e o comportamento da insulina após a ingestão de uma quantidade de açúcar. Ou seja, com o teste avaliamos o quanto de insulina você precisa para absorver aquele açúcar e como segue a insulina nas horas seguintes a esse teste. 

O que difere do teste simples de glicose, é que nesse último, não é avaliado a insulina em relação à aquela determinada quantidade de glicose no sangue. Simplesmente se observa a glicemia quando em jejum. Então só a glicemia, na verdade, é uma avaliação parcial desse metabolismo da glicose e da insulina.

Já aquele outro teste de Tolerância à glicose ou curva glicêmica, avalia somente o comportamento da glicose no sangue em resposta a uma carga definida de glicose.  Se ingere 100g de glicose e se mede na horas seguintes o seu nível de glicose no sangue. Já é um teste mais completo que apenas a glicemia de jejum. Tanto que é o teste que muitas médicos solicitam quando estão na dúvida sobre o diagnóstico ou o risco de desenvolver Diabetes.  No entanto, também é um teste de avaliação mais tardio da Diabetes, visto que estamos avaliando a glicose que na prática é o que resultado do funcionamento da insulina, sem estar medindo propriamente a insulina. Então, não estamos medindo o principal marcador de Diabetes, que é a INSULINA, estamos medindo o seu resultado perante a sobrecarga de glicose. 

 

E por isso o teste de Kraft é superior, pois ele mede a principal característica do Diabetes, a hiperinsulinemia. 

 

Abaixo temos os padrões de resposta propostos pelo Dr. Kraft, no qual a curva normal seria a curva azul, pessoas sem Diabetes.

Já as outras 3 curvas, na verdade já seriam pessoas com Diabetes, mas que no exame de glicose simples estariam com resultado dentro dos parâmetros normais. Como o teste de Kraft detecta muito mais precocemente o Diabetes, com ele já poderíamos fazer o diagnóstico mais cedo e assim buscar o tratamento muito antes das seqüelas aparecerem. 

E conforme ele, 75% das pessoas com o teste da glicemia de jejum normais, já seriam classificados como  Diabéticos, visto que jé apresentariam as consequências microvasculares da doença.   


Referências:

http://www.thefatemperor.com/blog/2015/9/5/fat-emperor-productions-present-the-kraft-interview-decoding-diabetes

https://www.amazon.com/Diabetes-Epidemic-You-Joseph-Kraft/dp/1425168094