Por que comer a cada 3 horas é ruim?

Por que comer a cada 3 horas é ruim?

A maioria das dietas orienta que você deve comer algo de 3/3 horas. O que acontece é que quando comemos qualquer alimento, estimulamos a liberação da insulina para que a glicose oriunda do metabolismo deste alimento, seja transferida da corrente sangüínea às células.

Praticamente todos os alimentos estimulam a liberação de insulina em menor ou maior quantidade.

Alguns estimulam muito a insulina e outros quase nada. Isto significa dizer que quando comemos, iremos estimular a insulina de qualquer maneira. Se comemos com freqüência, significa que iremos estimular este hormônio com frequência.

Ou seja, a cada vez que comemos iremos estimular à insulina, e se comemos a cada 3 horas, nossa insulina estará subindo a cada 3 horas!

Então após absorvido nosso lanche, finalmente a insulina irá baixar. Entretanto, passado algumas horas e em resposta a própria insulina, teremos fome e faremos nosso próximo lanche ou refeição. Nossa insulina irá subir novamente, e assim será o dia todo se mantivermos este hábito.


A conseqüência disto é que a insulina é o principal hormônio que regula a ganho de peso. Ele é um hormônio de crescimento, de anabolismo. Se ficamos constantemente estimulando, iremos engordar e não emagrecer!

O caminho mais lógico para emagrecer é justamente o oposto. Não comer seguido e escolher alimentos que estimulem pouco a insulina! Essa orientação de comer a cada 3 horas não faz sentido algum. Em geral as pessoas que seguem essa orientação, na hora de fazer os lanches, ou não estão com fome (por exemplo, naquele lanche das 15 horas) ou estão com uma fome “descontrolada” em certos horários do dia (por exemplo, às 18 horas).

Se você quer emagrecer vai ficar fazendo lanches constantes mesmo sem estar com fome? Ou ainda, você faz aquele mini lanche com uma frutinha ou peito de peru light e não consegue esperar as próximas 3 horas para comer de novo e ataca o que vê pela frente.

Esta estratégia é falha e prejudicial à saúde.


Uma das bases da dieta paleolítica e low carb é justamente comer quando se tem fome. Se você não quer tomar café da manhã, não precisa. Se você também não quer almoçar, também não precisa. No entanto, quando você estiver com fome deverá comer os alimentos certos para não estimular excessivamente a insulina.

Montanha russa da glicose e insulina

Gosto de uma expressão que se refere à montanha russa da insulina e glicose. Imagine uma montanha russa com 2 carrinhos, o do frente é a glicose e o de trás e a insulina. Quando você está no ápice, sente-se eufórico e cheio de energia, exatamente no momento em que a glicemia e a insulina estão altas. Porém quando os carrinhos se encontram no fundo do trajeto, vem a "fadiga mental", a letargia, a irritabilidade e o buraco no estômago de fome.

Então você acha que comer a cada 3 horas é benéfico para quem quer emagrecer?

Estimular a montanha russa da insulina e glicose não é bom pra quem quer emagrecer, nem mesmo pra quem não quer emagrecer. As oscilações de humor como euforia, irritabilidade, assim como a letargia, a perda de foco mental e a fome incontrolável são consequências dessa montanha russa. Esses sintomas são reais, desagradáveis, e conhecidos de todos nós, porém são desnecessários se você aderir à dieta low carb.

A Dieta de baixo carboidrato nada mais é do que uma dieta da ESTABILIDADE da insulina. Se a insulina ficar estável e baixa a pessoa readquire o controle normal e automático da saciedade e da fome. Muitos elementos da vida moderna podem atrapalhar o controle automático da fome, mas o sobe e desce da insulina e glicemia são os piores fatores.

E quanto a saúde de um modo geral, estimular constantemente a insulina é deletério, pois está associado a outros processos inflamatórios envolvidos em enfermidades crônicas, como aterosclerose, doença cardiovascular, e às defesas do sistema imunológico.